Author Topic: O Esclarecimento kantiano  (Read 11544 times)

0 Members and 1 Guest are viewing this topic.

Offline Alê

  • Iniciante
  • *
  • Posts: 1
  • Karma: 0
O Esclarecimento kantiano
« on: March 24, 2007, 06:08:41 pm »

Olá a todos.

Alguém conhece o artigo "o que é o esclarecimento", de Kant?

Gostaria de saber o que acham sobre as definições de menoridade, uso público e uso privado da razão.

Será que os usuários (inclusive eu) deste fórum alcançaram a maioridade?


Offline jota erre

  • Participante Ativo
  • ***
  • Posts: 189
  • Karma: 0
  • "Eis me"
Re: O Esclarecimento kantiano
« Reply #1 on: March 28, 2007, 12:24:03 pm »
O conceito de menoridade significa a falta de entendimento suficiente para se utilizar a razão autonomamente.

O uso público da razão significa o uso da mesma a um público de pessoas letradas, que podem criticar que a usa.

O uso privado da razão é o seu uso dentro de uma instituição a que se está subordinado, podendo-se fazer apenas um uso limitado da razão.

O debate é interessante. No momento não tenho nada a acrescentar, mas também espero as respostas.
"A noite encobria a natureza e suas leis. Deus disse: FAÇA-SE NEWTON! E tudo foi luz..." - Alexander Pope

Offline Silas Gaarder

  • Participante Ativo
  • ***
  • Posts: 118
  • Karma: 0
  • conhecereis a verdade e a verdade vos libertará!
    • Email
Re: O Esclarecimento kantiano
« Reply #2 on: March 28, 2007, 07:29:06 pm »
 :) olá

acho que todos que estão por aki por esse tópico são "maioridade"
depois volto.. sem tempo por inquanto...
nada é verdade enquanto você mesmo não a reconhece como verdadeira!
se há duvida, não a fé!

Offline jota erre

  • Participante Ativo
  • ***
  • Posts: 189
  • Karma: 0
  • "Eis me"
Re: O Esclarecimento kantiano
« Reply #3 on: March 29, 2007, 09:42:23 am »
Acho que não é tão simples assim, sr Silas...
"A noite encobria a natureza e suas leis. Deus disse: FAÇA-SE NEWTON! E tudo foi luz..." - Alexander Pope

Offline Silas Gaarder

  • Participante Ativo
  • ***
  • Posts: 118
  • Karma: 0
  • conhecereis a verdade e a verdade vos libertará!
    • Email
Re: O Esclarecimento kantiano
« Reply #4 on: March 29, 2007, 10:01:37 pm »
 ;)
claro que eu fui um pouco radical em dizer TODOS! foi um péssimo sofisma!

perdão  ;D

mas bem, se O conceito de menoridade significa a falta de entendimento suficiente para se utilizar a razão autonomamente.

os participantes do Forum são maioridade, pois "quase"  todos aqui tem essa capacidade  :P
nada é verdade enquanto você mesmo não a reconhece como verdadeira!
se há duvida, não a fé!

Offline jota erre

  • Participante Ativo
  • ***
  • Posts: 189
  • Karma: 0
  • "Eis me"
Re: O Esclarecimento kantiano
« Reply #5 on: April 30, 2007, 08:28:21 am »
;)
os participantes do Forum são "maioridade", pois "quase"  todos aqui tem essa capacidade  :P

Olá, Silas,

Gostaria apenas de corrigir um ponto: Kant não trabalha com o termo "maioridade". Para ele, a menoridade é o contrário de esclarecimento [aufklärung].

Nesse sentido, esclarecido seria aquele capaz pensar por si próprio, sem a ajuda de outrem, como compreender um livro sozinho, por exemplo.

Mas o texto de Kant é bem polêmico, não por si próprio, mas pelas interpretações posteriores, dentre elas a de Foucault.

ok...




"A noite encobria a natureza e suas leis. Deus disse: FAÇA-SE NEWTON! E tudo foi luz..." - Alexander Pope

Offline recuperador-de-posts

  • Debatedor Frequente
  • ****
  • Posts: 281
  • Karma: 1
Re: O Esclarecimento kantiano
« Reply #6 on: May 03, 2008, 09:18:45 am »
Alexandre Malta
Newbie
*
Deslogado Deslogado

Mensagens: 7


Ver Perfil
« Responder #6 em: Dezembro 29, 2007, 02:10:42 »

Só que as religiões não fornecem o "esclarecimento" kantiano, Kant foi um dos expoentes do iluminismo na Alemanha e é evidente que esse seu texto fazia uma apologia implícita ao ceticismo uma vez que ele relacionou "menoridade" com heteronomia religiosa, os religiosos não eram autônomos para Kant pois eles tinha necessidade de seguir as leis da razão prática.

Abraços!
Registrado

Offline recuperador-de-posts

  • Debatedor Frequente
  • ****
  • Posts: 281
  • Karma: 1
Re: O Esclarecimento kantiano
« Reply #7 on: May 03, 2008, 09:19:14 am »
Ed junior
Full Member
***
Deslogado Deslogado

Mensagens: 152


"Hypothesis non fingo"


Ver Perfil
« Responder #7 em: Janeiro 02, 2008, 11:36:04 »

Olá Alexandre Malta,

Gostaria de saber o que vc entende por "ceticismo".

Por que Kant faria uma apologia implícita a essa corrente filosófica?


Abs.
« Última modificação: Janeiro 02, 2008, 12:09:53 por Ed junior » Registrado

"A noite encobria a natureza e suas leis. Deus disse: FAÇA-SE NEWTON! E tudo foi luz..." - Alexander Pope

Offline recuperador-de-posts

  • Debatedor Frequente
  • ****
  • Posts: 281
  • Karma: 1
Re: O Esclarecimento kantiano
« Reply #8 on: May 03, 2008, 09:19:41 am »
Alexandre Malta
Newbie
*
Deslogado Deslogado

Mensagens: 7


Ver Perfil
« Responder #8 em: Janeiro 05, 2008, 08:22:11 »

O ceticismo é uma corrente filósofica pré-socrática multifacetada, seria difícil definir a sua essência mas o ceticismo pioneiro de Pirro gravita numa espécie de dúvida ou incerteza em relação a epistemologia, seja ela ontológica (científica) ou metafísica (dogmática).

Abraços!
Registrado

Offline cesar.info

  • Iniciante
  • *
  • Posts: 2
  • Karma: 0
    • Email
Re: O Esclarecimento kantiano
« Reply #9 on: October 07, 2008, 10:42:35 pm »
agora que comecei a ver o texto sobre esclarecimento, de kant.
mas acredito que religiosidade nao se encaixa no conceito de esclarecimento, pois a religiao nao faz uso da razao.
se eu estiver errado, gentileza me ajudem a compreender melhor.
abraço

Offline jota erre

  • Participante Ativo
  • ***
  • Posts: 189
  • Karma: 0
  • "Eis me"
Re: O Esclarecimento kantiano
« Reply #10 on: October 09, 2008, 09:07:15 pm »
(Ao Alexandre Malta: vc não respondeu à segunda indagação...
Relendo o texto, percebi que vc fez referência à razão prática.
Acho que vc se equivocou. Para Kant, a razão prática é a moralidade, que também está relacionada à autonomia da razão. Se quiser discutir...)

Olá cesar.info,

O artigo kantiano tem um sentido universal, que, filosoficamente falando, não tem interesse em se fixar num único momento da história. Por outro lado, Kant não deixa de fazer uma crítica ao contexto religioso de sua época. Você pode perceber isso claramente na parte (não estou com o texto em mãos para fazer citações) em que ele fala sobre a religião e o militarismo. É interessante comparar o texto de Kant com o comentário de Foucault "O que são as Luzes", que fala diretamente sobre pensamento apresentado por Kant.

Abs.
« Last Edit: October 09, 2008, 09:13:27 pm by Ed junior »
"A noite encobria a natureza e suas leis. Deus disse: FAÇA-SE NEWTON! E tudo foi luz..." - Alexander Pope