Author Topic: O que é importante em filosofia?  (Read 10780 times)

0 Members and 1 Guest are viewing this topic.

Natália Lelis

  • Guest
O que é importante em filosofia?
« on: October 20, 2001, 01:33:56 pm »
 Fiquei muito surpresa ao ler essa pargenta e, principalmente, as respostas. Eu vejo que no decorrer da história, a filosofia se tornou uma disciplina acadêmica ou algo parecido, e isso para mim é uma tristeza muito grande. Acredito que, em filosofia, o estudo e o conhecimento dos sobre os grandes filósofos pode ajudar, mas a sua essência, ou a sua parte mais importante, como se chamou aqui, é o pensamento, a capacidade de se observar - observar-se a si mesmo, o contexto em que se vive, o quotidiano, a história, o mundo, o universo, as experiêcias abstratas...Isso é ser "amigo da sabedoria"; usar de "vãs repetições", ler e decorar teorias, para mim, não é filosofia - FILO-SOFIA.

Bruno Berchieri

  • Guest
O que é importante em filosofia?
« Reply #1 on: November 27, 2001, 02:16:21 pm »
 Eu concordo, filosofia não se aprende em universidades, se aprende no cotidiano através da análise de hábitos, da sociedade, de pensamentos... A Filosofia parte da necessidade de pensar, não da necessidade de notas, de especializações... Não se pode ensinar uma pessoa a pensar se ela não o quer.

Onofre Veiga

  • Guest
O que é importante em filosofia?
« Reply #2 on: February 10, 2002, 02:16:28 am »
Eu discordo. A filosofia se expande mesmo na Academia, hoje, infelizmente. É ela quem dá instrumental, parâmetros, discute textos, faz leitura programada etc.

Isabel Maia

  • Guest
O que é importante em filosofia?
« Reply #3 on: February 10, 2002, 08:15:51 am »
Bruno, permita-me discordar de si quando diz que "a filosofia se aprende no quotidiano atrvés da análise de hábitos, sa sociedade, de pensamentos...".Penso que assim deixamos de falar em filosofia e passamos a falar de sociologia, psicologia ou, o que é bem pior, de senso comum!
A filosofia caracteriza-se pela reflexão, certamente, mas uma reflexão que se quer fundamentada, rigorosa e radical. O que a universidade dá são as competências e as bases para imprimir rigor e fundamento ao raciocínio. Sem essas competências o discurso filosófico que tem as suas particularidades torna-se domínio da opinião e a opinião não é filosofia!

Andre

  • Guest
O que é importante em filosofia?
« Reply #4 on: February 10, 2002, 06:53:54 pm »
Tambem nao concordo com a opiniao de que o estudo da Filosofia e contemplativo e que se basta analisar a sociedade e seus habitos.A Filosofia deve servir para pensar uma sociedade igualitaria onde a minoria nao tenha mais nenhuma condicao de alienar a maioria para faze-la sofrer.  

Alex Haydin

  • Guest
O que é importante em filosofia?
« Reply #5 on: February 14, 2002, 02:40:46 am »
 
os grandes filósofos(em sua maioria) não fizeram universidade ou faculdade de filosofia, mas eram tb grandes, eram os eleitos. Filosofar não é algo que se ensina, vc pode ensinar filosofia, mas filosofar isto não. vc pode ser um comentador filosófico, mas não um filósofo. ser filósofo é saber ligar os pontos e ter idéias originais, tais idéias muitas vezes são o resultado de um apanhado de idéias que resulta em uma nova idéia. as escolas podem ser um bom começo, mas o filósofo deve libertar-se do rigor acadêmico e ter coragem para firmar posição, ainda que faça papel de bobo ante os seus colegas. o filósofo deve tb viver a vida, viajar o mundo e, segundo a visão moderna, ter saquinho para escrever as suas idéias para os outros... acho que entendi o ponto de vista de todos... e concordo com todos...para o bruno e para a natália digo que pode existir um grande filósofo analfabeto, com altitude mental insuperável, mas aos olhos dos acadêmicos(nem todos é claro) rigorosos ele não será quase nada, como temos gênios da matemática que nunca frequentaram a escola, mas sabemos que isto é exceção da regra, mas sabemos tb que é a exceção que faz a diferença. vivemos em um curral(?) pode ser, mas a escola não deixa de ser um caminho, mas apenas um caminho, vc pode percorrer outros caminhos e chegar ao mesmo destino.

vou consultar o meu dicionário...um momento...
"Ciência dos princípios e causas(achei este conceito muito chato)", outro "amor pelo saber e, particularmente pela investigação das causas e efeitos(achei este melhor)", se não me engano foi sócrates que disse que filosofia era o seu "querido passatempo"(tb gosto deste), na verdade não sei qual é o conceito ideal.

a pergunta que faço é a seguinte: só existem filósofos profissionais, ou seja, filósofos autores, ou é possível cruzarmos com um gari filósofo("amante do saber" e que firma posição)?

abs.

ps. o curso de filosofia é fundamental dentro da atual organização social, pois muitas vezes são os professores que despertam um grande talento.

abs.

Isabel Maia

  • Guest
O que é importante em filosofia?
« Reply #6 on: February 17, 2002, 08:32:42 pm »
Alex:
Se entendermos a filosofia enquanto dimensão de questionamento , capacidade de um indivíduo se espantar perante a realidade, questionar aquilo que tem na conta de óbvio, então aí todos seremos filósofos, autores e não autores como dizia Popper: Creio que todos os homens são filósofos, ainda que alguns mais do que outros.
Efectivamente todos somos filósofos na medida em que todos temos capacidade para pensar, todos partilhamos de um conjunto de 'ideias filosóficas' recebidas do meio sócio-cultural em que vivemos, porque todos nós, em determinadas situações e momentos da nossa existência, nos interrogamos já sobre as grandes questões da vida e o seu significado.
Mas não podemos esquecer que muitas das vezes esta reflexão é pontual, inconsequente, não conduzindo, de facto, à procura das respostas e, nessa medida, ela deixa de ser filosofia. A filosofia dos filósofos autores, se assim lhes quiser chamar, ou filósofos profissionais, distingue-se desta filosofia espontânea pelo rigor que imprime à reflexão, pela sistematicidade dessa reflexão, pela coerência, pela linguagem própria que utiliza, pelo conhecimento do que anteriormente foi dito e pensado e pela inserção dessa reflexão numa tradição filosófica.De resto, o ponto de partida é exactamente o mesmo: a experiência que conduz ao questionamento.

Alex Haydin

  • Guest
O que é importante em filosofia?
« Reply #7 on: February 18, 2002, 02:00:46 am »
 
Olá Isabel,

Estou de pleno acordo com as suas mensagens... A minha colocação anterior falava apenas sobre talentos e, dentro das minhas limitações, sobre a Verdade. Busquei equilibrar as idéias que foram lançadas no fórum... A filosofia hoje está bastante difundida e isto é bom, contudo, como tudo, este crescimento não é proprocional em qualidade... Certos filósofos escrevem filosofia para os seus amigos, ou seja, para outros filósofos que sejam capazes de comentar, o resto do público fica alienado as idéias deste filósofo pq não é iniciado na lingua própria da filosofia(o público muitas vezes até cria piadas com esta linguagem).... o mesmo fenômeno observamos no campo do direito, o acesso a justiça fica mascarado na elengante retórica do melhor advogado, os advogados conversam entre sí numa linguagem própria e convencional, estão tão apegados a ela que esquecem o motivo do debate, ficam centrados no "melhor" argumento restrito a matriz jurídica estabelecida, entre meio estas disputas temos vidas e valores humanos que acabam renegados a um segundo ou terceiro plano...o perigo é esquecermos que podemos andar sem muletas...eis a quimera do rigor acadêmico que vem travestida na forma de idéias pre-estabelecidas ou em jurisprudência firmada por imperativos categóricos: a cegueria, pois ela  atinge a todos como uma praga que se alastra em rebanhos que vivem em cativeiros. Não que isso aconteça na filosofia, mas acontecendo......

Não queremos o melhor filósofo, queremos a Verdade.

Além disto a pergunta que fica é a seguinte: a filosofia(que não a espontânea) pode ser considera como a disciplina, uma vez que a ciência já admite as suas limitações, que busca a razão última do ser humano? Ou como as demais disciplinas ela tem o seu teto na busca pela verdade humana?

abs.

ps. se ler os grandes mestres da humanidade é como estar conversando com eles...o que posso dizer é que não consegui terminar o meu dialogo com popper em "a lógica da pesquisa científica"(adquiri o livro faz uns dois anos, estava empolgado e ansioso. DANCEI LEGAL!). Principalmente quando este comenta a física quântica. Popper é um senhor muito reservado, não me deu bola.

abs.

ps.2. interessante... não podemos dizer que todos somos antropólogos, ou físicos quânticos, ou astrônomos.... mas podemos dizer que todos somos mais ou menos filósofos... é bem verdade que alguns de nós vivemos no fundo dos pelos de um coelho...outros na ponta dos fios... quem sabe estes sequiosos para ver a cara do mágico....obs: Com este eu consegui conversar....mas eu acho que ele não é considerado um mestre.... a não ser que mestre seja aquele que atinge o objetivo de divulgar a idéia que se propõe(com uma certa qualidade e valia para a humanidade é claro!).

abs.

Isabel Maia

  • Guest
O que é importante em filosofia?
« Reply #8 on: February 18, 2002, 12:06:28 pm »
Alex:
Tem toda a razão quando se refere aos perigos que encerra a cegueira, essa que nos fecha perante a realidade em compartimentos estanques e herméticos. De facto, também a filosofia se enreda, por vezes numa linguagem quase inacessível, tal como acontece no direito, como bem referiu, pois " o acesso à justiça fica mascarado na elegante retórica do melhor advogado"!!!Mas isso é um fenómeno global e inevitável, quase, eu diria...se repararmos, a cada dia que passa a ciência (que supostamente visa o nosso bem estar assegurando o domínio do homem sobre a natureza)se torna cada vez mais inacessível ao comum dos mortais, enrteda-se em conceitos herméticos e intraduzíveis, fala das realidades que não vemos, explora as nossas potencialidades e tradu-las em fórmulas indescirníveis e nós, bem nós, assistimos com um misto de admiração e absurdidade perante o que não compreendemos!!!E dizemos, aparvalhados pelo deslumbre da ignorância que se instituiu sabedoria:"É o progresso, é a ciência!!!", crentes de que alguém zela por nós no meio da cegueira cincurdante!!!
De facto, não "queremos o melhor filósofo", queremos questionamento, queremos abertura e insatisfação...lá, onde nos acomodamos, começa a verdadeira cegueira...
Quanto à pergunta que colocou, isto é, se a filosofia pode ser considerada uma disciplina que busca a razão última do ser humano ou se, como as outras, tem o seu tecto na busca da verdade humana, eu julgo que são conciliáveis esses dois objectivos.A razão última do ser humano toca, necessariamente, a busca da verdade humana, ou por outra, essa busca da verdade humana irá desembocar no encontro do Ser da existência, no sentido último para o qual se remete. Poderá dizer-me que é também esse o objectivo da ciência, a busca da verdade humana, mas aí, permita-me, remeto-o para uma excelente obra de Albert Camus- O Mito de Sísifo- do qual lhe deixo um pequeno extracto a propósito da pergunta que colocou:
Galileu, que possuía uma verdade científica importante, dela abjurou com a maior das facilidades deste mundo, logo que tal verdade pôs a sua vida em perigo. Fez bem, em certo sentido. Essa verdade não valia a fogueira. Qual deles, a Terra ou o Sol gira em redor do outro,é-nos profundamente indiferente. A bem dizer, é um assunto fútil. Em contrapartida, vejo que muitas pessoas morrem por considerarem que a vida não merece ser vivida. Outros vejo que se fazem paradoxalmente matar pelas ideias ou pelas ilusões que lhes dão uma razão de viver( o que se chama uma boa razão de viver é, ao mesmo tempo, uma excelente razão de morrer). (...) Começar a pensar é começar a ser consumido.
Abraços a todos.

Offline Z

  • Debatedor Frequente
  • ****
  • Posts: 353
  • Karma: 0
  • A Força está em ti...
Re: O que é importante em filosofia?
« Reply #9 on: July 06, 2006, 08:14:10 pm »
A filosofia caracteriza-se pela reflexão, certamente, mas uma reflexão que se quer fundamentada, rigorosa e radical. O que a universidade dá são as competências e as bases para imprimir rigor e fundamento ao raciocínio. Sem essas competências o discurso filosófico que tem as suas particularidades torna-se domínio da opinião e a opinião não é filosofia!

Discordo em pleno. para filosofar não é preciso nem ser fundamentado, nem rigoroso nem radical, basta por em causa um valor pré-estabelecido seja de que forma for em que sentido for.

Utilizando como exemplo a teoria da Matrix em que os humanos vivem numa ilusão programada, imaginemos que essa teoria era pensada pela primeira vez, alguém deduzia a possibilidade de tudo quanto acreditamos ser real através dos nossos sentidos, ser na verdade fictício e sermos apenas uma consciência em ambiente controlado experimental.

Já está a teoria feita com uma simples frase. O grande valor filosófico está nesta frase. Falta rigor? fundamento? Falta e muito mas serão as mentes que começarem a reflectir sobre esta ideia que irão então enriquecer a ideia em forma de tese utilizando deduções científicas ou filosofando sobre outros subtemas que preencherão os vazios da ideia mãe.

Penso ter explicado porque é que não posso concordar que o pensamento filosófico seja um pensamento rigoroso, fundamentado ou sequer lógico. Acredito que uma vida académica, com ensino de doutrinas e conhecer formas de pensar ajudem a formular pensamentos mas filosofar vai para além do pensamento, vai à criação de novas ideias, principais ou secundárias, com base ou não em existentes. É primariamente o surgimento da dúvida, depois a reflexão e finalmente a criação da ideia que têm o maior valor filosófico e não o "mero" preenchimento dos pontos fracos da mesma ou bases para uma argumentação sustentada.
Cumps.
`-_-´

Offline Henry Thoreau

  • Iniciante
  • *
  • Posts: 21
  • Karma: 0
    • Email
Re: O que é importante em filosofia?
« Reply #10 on: December 27, 2006, 07:59:34 pm »
Não sei o que é importante em filosofia.Talvez os assuntos que ela põe na pauta, pois as divagações giram em torno deles.A pergunta deveria ser:"O que deveria ser importante em filosofia".E daí opiniões viriam.E aí não seria mais filosofia.
"Só tem convicções aquele que não aprofundou nada."(Emil Cioran, filósofo romeno)

Offline Brasil

  • Membro Residente
  • *****
  • Posts: 2318
  • Karma: 4
  • Gutta cavat lapidem - A gota cava a pedra.
Re: O que é importante em filosofia?
« Reply #11 on: December 27, 2006, 08:48:16 pm »
Não sei o que é importante em filosofia.Talvez os assuntos que ela põe na pauta, pois as divagações giram em torno deles.
A redundância também...

A pergunta deveria ser:"O que deveria ser importante em filosofia".
Por que?

E daí opiniões viriam.E aí não seria mais filosofia
Por que?

Offline Henry Thoreau

  • Iniciante
  • *
  • Posts: 21
  • Karma: 0
    • Email
Re: O que é importante em filosofia?
« Reply #12 on: December 28, 2006, 05:01:39 pm »
Quando disse que a pergunta deveria ser "o que deveria ser importante em filosofia" quis dizer que a resposta do que é importante considero muito óbvia.Eu chamo de óbvio, o colega Brasil chamou de redundante, ao que parece.Mas podem escolher.Se a pergunta fosse a que propus, aí teríamos o que escolher."Eu acho que é a ética, a fenomenologia, epistemologia ou sei lá o que mais.Ou que a filosofia é um bom passatempo, sendo isso o mais importante...sei lá.Mas como podem ver, seriam meras opiniões.E a filosofia para mim deve tratar da verdade.Vai depender também do que as pessoas acham que a filosofia é.Eu por exemplo acho muito correto e pertinente quando o senso comum diz que a filosofia é uma falação sem sentido, pois os que se dizem filósofos fazem o possível para torná-la deste jeito.O sentido está sempre muito claro.Temos a certeza da dúvida(eis a verdade, então eis o que deve ser a filosofia), e só.Então, quando discutimos coisas aqui no fórum, geralmente estamos dando nossas opiniões e recebendo outras.Vendo como as outras pessoas são, e achando-as legais ou chatas, burras ou inteligentes de acordo com nossas opiniões.Então a filosofia, que eu defino como busca da verdade, acaba sendo uma coisa muito simples após a constatação da dúvida, através da própria filosofia e o uso de sua faculdade, a razão.Posto isso, se fossemos realmente fiéis aa filosofia, não deveríamos estar respondendo "o que deveria ser importante em filosofia".Mas eu não sou fiel aa filosofia.E acho mais graça em responder isso, pois posso dar minha opinião e falar o que achar legal.Apesar de a pergunta "o que é importante em filosofia" ser uma pergunta ao contrário da outra que propus, filosófica, e tratar do que é e não do que achamos que deveria ser,não tem graça nenhuma em ser respondida.Como disse, a resposta é não sei.Se fosse a outra pergunta, seria eu acho que.....sei lá o que.Acho que fui claro.Se não fui, então não tenho muito mais a acrescentar.
« Last Edit: December 28, 2006, 05:04:05 pm by Henry Thoreau »
"Só tem convicções aquele que não aprofundou nada."(Emil Cioran, filósofo romeno)

Offline Hugo Allan Matos

  • Iniciante
  • *
  • Posts: 3
  • Karma: 0
    • Email
Re: O que é importante em filosofia?
« Reply #13 on: May 14, 2007, 12:14:56 pm »
Penso que em cada período a filosofia tenha uma importância. Concebo a filosofia grega como sendo importante para se livrar dos mitos de sua época e valorizar o ser humano, mostrando-lhe seu potencial. Na filosofia medieval, a racionalização e o valor estimado a abstração na tentativa de responder à questões fundamentais como de nossa origem e destino.Já a filosofia Moderna, a tentativa de universalização e o valor demasiado dado a razão, tentando explicar o inexplicável e subsumir o insubssumível...E poucos filósofos até hoje, ao meu ver, passaram para outro patamar, respondendo a necessidade de não mais contemplar o mundo, mas alterá-lo. Em todos seus períodos, as filosofias tentaram responder questões de sua época. Um período sucedendo ao outro... No entanto, hoje ainda vemos pessoas presas em filosofias passadas e impedidas de progredirem Como por exemlo: Onde está a filosofia Latinoamericana?  A filosofia Brasileira?