Author Topic: Na sociedade atual, devemos optar por valores morais/espirituais ou...  (Read 20058 times)

0 Members and 1 Guest are viewing this topic.

caius-rj

  • Guest
 Na "desestruturada" Sociedade em que vivemos a única saída para que não aja uma grande crise,devolvendo o Homem aos "tempos das cavernas",onde matar significava sobreviver,é um questionamento total de todos os nossos valores,pois se mata,rouba,etc..., por simples pedaços de papel que chamamos de dinheiro.

Onofre Veiga

  • Guest
Na sociedade atual, devemos optar por valores morais/espirituais ou...
« Reply #1 on: June 05, 2000, 04:18:45 am »
Caius: A questão dos valores é importantíssima, porém não vejo como todos os nossos valores possam instigar a esses tipos de violência que você diz. Tradicionalmente, desde o "não matarás", a violência e assassinato são condenados na sociedade, tanto é que são crimes. Mas é claro, outra gama de "valores" humanos, como a ganância, a crueldade fazem com o valor abstrato de um pedaço de papel possa valer mais que o valor máximo: a vida. O que eu digo é que os verdadeiros valores humanos (os que colocam a violência como condenável) estão valendo muito pouco na sociedade atual, aonde a desigualdade social, por exemplo, faz com que a vida humana não valha quase nada. É uma questão a pensar se a decadência desses valores possa levar o homem a uma guerra de todos contra todos, como você diz

caius-rj

  • Guest
Na sociedade atual, devemos optar por valores morais/espirituais ou...
« Reply #2 on: June 10, 2000, 01:04:33 am »
 Onofre Veiga:infelizmente penso que essa "guerra" já foi deflagrada.Se compararmos o grau de violência que ocorria na idade média com os números de hoje, veremos que talvez naquela época fosse pior.Naquele Período matava-se indiscriminadamente,e não haviam tantas leis e pessoas que punissem essas transgressões, principalmente o conhecimento da vida e o que era certo ou errado.Precisamos sim e levar em consideração que na idade média o homem não possuía todos os conhecimentos e avanços que hoje dispomos.A pergunta chave dessa questão é:Hoje temos tudo a nossa disposição, leis, tecnologia,etc.E porque continuamos a matar,destruir,etc?.A única resposta que encontro é a troca de Valores....

Gostaria dos seus comentários.

Onofre Veiga

  • Guest
Na sociedade atual, devemos optar por valores morais/espirituais ou...
« Reply #3 on: June 10, 2000, 11:07:15 am »
caius: é uma comparação interessante entre os dias de hoje e a Idade Média. Será que mesmo proporcionalmente, esta estatística seria confirmada? Só podemos nos basear em hipóteses e relatos, pois não há  dados seguros sobre os assassinatos na Idade Média.

Acho que você mesmo responde a sua pergunta: desde o início da civilização, em todos os tempos, o homem mata e destróis (é de sua natureza?), e para restringir este comportamento são criadas as leis. Atualmente, embora haja um grande desenvolvimento dos aparatos de repressão ao crime e manutenção da lei, temos este aumento também devido ao grande número de pessoas, e da aglomeração em centros urbanos. Além dos motivos óbvios, como a pobreza e a desesperança, que não permite que todos tenham a disposição estes fatores que você aponta, vejo no egoísmo no indivíduo uma das causas que o levam a destruir, pois de acordo com sua perspectiva, seu eu é muito mais importante do que está ao redor.

Humberto Grangeia

  • Guest
Na sociedade atual, devemos optar por valores morais/espirituais ou...
« Reply #4 on: June 10, 2000, 02:08:59 pm »
 Uma coisa não interfere na outra. É possível sim ter uma sensação de bem estar tanto material quanto espiritual. Não estou dizendo que seja fácil administrar essas duas formas de felicidade juntas, muito pelo contrario.
Aristóteles acreditava que existiam três formas de felicidade: a primeira é a vida de prazeres e satisfações. A segunda é a vida como cidadão livre e responsável. E a terceira é a vida como pesquisador e filósofo. Ele dizia também que só se era feliz de verdade, quando se unia as três formas de felicidade. Quem sabe ele não esteja certo?

caius-rj

  • Guest
Na sociedade atual, devemos optar por valores morais/espirituais ou...
« Reply #5 on: June 12, 2000, 02:13:35 am »
Infelizmente,o que prevalece na sociedade atual é: aquele que possui o "poder", sempre pensa  "o mundo está a seus pés" e que pode comprar ou até mesmo destruir quem e o que,estiver a seu redor.Concordo com Aristóteles na questão das formas da felicidade,desde que aplicadas com responsabilidade,respeitando nossos semelhantes.Falta aos homens enxergar o que é verdadeiro.Volto a afirmar que o sentido de nossas vidas não está em miseros pedaços de papel.

caius-rj

  • Guest
Na sociedade atual, devemos optar por valores morais/espirituais ou...
« Reply #6 on: June 12, 2000, 02:17:09 am »
 Realmente o meu comentário acima,se traduz em uma só coisa: o egoísmo,conforme sugerido por Onofre.Como podemos reverter este quadro?

Ricardo

  • Guest
Na sociedade atual, devemos optar por valores morais/espirituais ou...
« Reply #7 on: August 10, 2000, 02:43:12 pm »
 Se deus existe ou não, isso é questão apenas de fé. Não há meios de se provar a existência ou não racionalmente. Portanto, esse tipo de discussão  
dificilmente levará a algum lugar.  
Quanto aos valores, bem, parece ser mais simples
a idéia (não sei exatamente quem disse isso) do
"não faça aos outros aquilo que não gostaria que
fizessem com você". É bem simples não?!!

Juarez Márcio Rodrigues

  • Guest
Na sociedade atual, devemos optar por valores morais/espirituais ou...
« Reply #8 on: August 23, 2000, 11:34:33 am »
 Bom dia a todos, como vão?
Bem, Ricardo, essa frase que você escreveu esta na Bíblia, foi Jesus que a disse.
Bem, eu acredito que de fato exista um Deus, que efetivamente impulsiona o universo que conhecemos, talvez não seja como a Bíblia diz, a nossa imagem e semelhança, uma vez que já se passou muito tempo da época em que a Bíblia foi escrita e isso enseja problemas de interpretação, mas diríamos uma energia maior que nos move.
A pergunta maior que, acredito devemos fazer é: com qual intenção estamos falando a respeito disso?
Para acharmos soluções que de fato resolvam a vida em sociedade ou para saciarmos nossa vontade de discutir temas complicados?
Se a razão for a primeira, acredito que, de fato, no mundo concreto, a causa remota de todos os problemas é o afastamento de Deus, uma vez que sem parâmetros METAFÍSICOS fica difícil fazermos algo de bom, uma vez que a ciências humanas, seja lá quais forem, filosofia ou sociologia, não estão produzindo resultados práticos tanto quanto as igrejas tem conseguido.
Só a título de curiosidade, mais de cinquenta por cento da população evangélica hoje no Brasil é formada por pessoas que a alguns anos atrás vivia a margem da sociedade e hoje vivem dignamente, de acordo com os cristãos.
Não há mal algum em ser cristão, problema esta na forma que a informação cristã chegou até nós, a cultura católica prega dogmas que nem sempre são verdadeiros, necessário se faz abandonar o preconceito e ler a bíblia.
Conheço várias pessoas que hoje, são filósofos, pensadores de toda ordem e nunca leram a Bíblia, por que? Medo? A Bíblia é de fato uma coletânea de livros de história, filosofia, poesia, direito, como nenhum outro. Vale a pena ser lida...
Bem, continuemos essa conversa num outro momento, ainda devo falar sobre discutir isso para matar a nossa vontade de discutir isso...
Até logo

Renata Tavares

  • Guest
Na sociedade atual, devemos optar por valores morais/espirituais ou...
« Reply #9 on: September 02, 2000, 08:47:26 am »
 Bom dia amigos...

Temos aí interessantes questões. Bem, se existe Deus, cada um pergunte ao mais profundo de si mesmo e talvez descubra. Se não descobrir, não serão minhas palavras que o farão existir. Mas independente disto, a questão dos valores pode e deve ser discutida. De fato não vejo outra forma de melhorar nossa vida em grupo, senão que nossas ações sejam movidas por valores nobres, entenda-se amorosos. Valores que não estejam voltados exclusivamente para nós mesmos pois a experiência destes milênios já nos mostrou o quanto de separatividade e dor isto traz. Agora proponho ir um pouco mais fundo ao tema e relacionar nossa ordem de valores à nossa capacidade de amar. Não seria ela a guia mais sábia para os nossos valores? Talvez sim, mas será prudente confiar em algo que se considera "cego"? Bem, minha opinião é leiga, mas é a única coisa que consigo enxergar como resposta para tanta angústia, uma vez que o amor leva-nos aonde não conhecíamos.  
Têm outras idéias?
Obrigada pela atenção.

Zaratustra

  • Guest
Na sociedade atual, devemos optar por valores morais/espirituais ou...
« Reply #10 on: September 02, 2000, 02:14:51 pm »
 “A filosofia contemporânea não pode se reduzir ao cientificismo,não se pode restringir a uma lógica ou a uma epistemologia.”

Zara: Concordo. Porque em primeiro lugar nós filosofamos e depois fazemos ciência. Esta é “filha” daquela. Mas o assunto aqui não é “Você acha que existe um Deus?”. Dessa forma você atrela a ciência ao Ateismo.
Também disseram:
“Pois,isto,é uma autonomização da ciência,uma concepção positivista que nos marca desde o século 19.”

Zara: A concepção positivista pertence ao passado da ciência. O positivismo é um mito. O positivismo é tão mitológico como as mitologias que ele acusa.
Continuaram a dizer:
“Pensadores como Rousseau,Marx,Gramsci,Marcuse e outros conseguiram mostrar que a linearilidade do avanço científico,por si só,não resolve os problemas da humanidade.Mais especificamente,Marcuse consegui demonstrar que as próprias máquinas já são fabricadas,na sua inerência,rebaixando o homem diante delas: não só o que a ciência produz pode ser prejudicial ao homem,mas também a sua própria forma de ser e operar.”

Zara: Concordo em que a ciência não resolve todos os problemas da humanidade .Mas discordo da segunda parte.Eu poderia listar aqui um série de filósofos que discordam de Marcuse , mas vou sitar apenas um que gosto muito. Jacob Bronowski, para o qual “a ciência é uma forma bem humana de conhecimento e cada julgamento na ciência se apoia na fronteira do erro.A ciência é um tributo ao que nós podemos saber embora sejamos falíveis”(Bronowski 374).  
Bronowski expressou seu ponto de vista sobre a qualidade humana do conhecimento científico de uma maneira quase pungente. Para a versão televisiva do seu livro “Ascensão do Homem”, ele foi para o campo de concentração e crematório de Auschwitz. Milhões de Judeus, homossexuais e outros “indesejáveis” foram assassinados e cremados ali pelos alemães durante a Segunda Guerra Mundial. Alguns desses executados eram parentes de Bronowski. De pé em um lago onde as cinzas eram despejadas, e segurando um punhado de sujeira, ele disse:  

“Dizem que a ciência vai desumanizar as pessoas e transformá-las em números. Isso é falso, tragicamente falso. Este é o campo de concentração e crematório de Auschwitz. É aqui que pessoas eram transformadas em números. Neste lago foram descarregadas as cinzas de uns 4 milhões de pessoas. E isso não foi feito pelo gás. Isso foi feito pela ignorância. Quando as pessoas acreditam ter o conhecimento absoluto é assim que elas se comportam. É isto que os homens fazem quando eles aspiram ao conhecimento de deuses (374).”
E disseram mais:
A ciência é bastante amoral (...),conseguiu um poder absoluto,extraordinário,mas pode estar facilmente ao serviço de fins nada nobres,ou descontrolada de preocupações sociais ou da vigilância do governo.

Zara: Sim, isto está acontecendo, mas não se trata de colocar a ciência no banco dos reus.A ciência fornece os meios para o bem ou para o mal; a sociedade aproveitou-os para o mal. O conhecimento científico é um conhecimento humano e os cientistas são seres humanos. Eles não são deuses e a ciência não é infalível.Se a pesquisa científica dá poderes terríveis aos países com líderes políticos falíveis realmente é perigoso porque o poder corrompe. O debate aberto e vigoroso é a única proteção contra o mau uso da tecnologia.  

Com afeto,zara

 


Postar Resposta

Lucas Roisenberg Rodrigues

  • Guest
Na sociedade atual, devemos optar por valores morais/espirituais ou...
« Reply #11 on: September 26, 2000, 09:14:10 pm »
 A questão do mau uso da ciência é fundamental, mas, não há porque restringi-la a ciências, nesse caso deveriamos dizer:"Mau uso do conhecimento". Pois não é verdade que os homens tem uma série de conhecimentos, que vão além do conhecimento das ciências positivas, os quais usamos grande parte do tempo( inclusive para fazer o mal)? Restringir a análise à tecnologia ou às ciência é refletir sobre apenas parte do problema.  
O famoso aforismo de Francis Bacon segundo o qual "conhecer é poder" é universal, para qualquer forma de conhecimento que se trate.

thiago rossato

  • Guest
Na sociedade atual, devemos optar por valores morais/espirituais ou...
« Reply #12 on: September 29, 2000, 10:50:23 pm »
 me desculpem, nao li ainda todas estas mensagens anteriores.. lerei depois, off-line.., mas eu pelo q eu vi, vcs estao muito 'encucados' com essa questao da violencia... eu sinceramente acredito q a violencia, apesar de nociva a mim, a nos.. é algo natural do ser humano.. como animal q é.. (sem sentido pejorativo) e acho q devemos evita-la sim, mas tb aprender um pouco a conviver com ela, pois faz parte da vida, de nossa natureza.. e tb, ela ainda existe, nessa sociedade 'moderna' por causa das injusticas q existem nestas sociedades, por exemplo, enquanto muitos de nos temos comida, e em excesso, (tanto q chegamos a jogar fora, ou deixar estragar, pq compramos mais do q podemos comer (mesmo com a 'ajuda' da gula)) tem pessoas (e muitas!!!) q nao tem nada!! pra comer, acabam comendo lixo, e ate fezes!! pra amenizar a dor q os acidos gastricos provocam (a fome) (é verdade, é isso q vc leu, ha pessoas q comem fezes, por nao ter o q comer.. outras comem papel, metais!!, madeira!! e outras 'coisas', pois nem lixo, nem pedacos de plantas tem pra comer.. entao, se imagine numa situacao dessas.. vc nao roubaria.. mesmo? (olha q aquela fome do "no limite" ja fazia o pessoal passar maus-bocados,e olha q eles ainda comiam todos os dias, o minimo necessario pra nao morrer, imaginem ficar uma SEMANA!! sem comer? deve ser impossivel nao roubar, tendo essa oportunidade.. as vezes nao é fome tb.. mas desemprego, dividas.. e PRINCIPALMENTE, o GRRRAAANDE mal da nossa sociedade.. as DROGAS!
a violencia esta SIM, menor hj (proporcionalmente) do q ha seculos atras, e somente persiste, por questoes de desigualdades..
sabe qdo a raca humana vai resolver essa questao? NUNCA!! gracas a esse grande defeito q todos nos temos (em maior ou menor intensidade) chamado EGOISMO, o qual nos impede de comprar menos comida, pra evitar perde-la, e nos impede de ficarmos contentes com nosso salario, pois qto mais pessoas recebem mais e mais.. mais pessoas receberao menos e menos.. (sei q 'viajei' um pouco, nessa minha mensagem, e tb me extendi d+, peco desculpas por isso..

Obrigado

thiago rossato

  • Guest
Na sociedade atual, devemos optar por valores morais/espirituais ou...
« Reply #13 on: September 29, 2000, 11:03:14 pm »
 alias, a nossa sociedade é tao avancada, e extruturada.. em suma, "moderna", q muitas pessoas alem de nao ter o q comer, sequer tem onde morar, muitas "moram na rua", outras muitas, nas favelas, e outras tb muitas (eu sou uma delas) em casas alugadas, pq? pq nao recebem o suficiente para poder comprar a sua propria casa, o q é ridiculo, pq em sociedades ditas como primitivas, alem de comida, onde o individuo teria, no minimo uma terra para trabalhar e ter sua comida, teria tb um lugar nesta terra para viver, sem ter q pagar pra ninguem por morar nelas.. tuda esta situacao, repito é fruto do maldito egoismo humano, e pode tb causar mais violencia, pois deixa estas pessoas sem esperanca de um dia ter uma vida mais facil.. e o q é pior, a saida muitas vezes nao é a educacao, pois nao ha sequer faculdades, por exemplo, ou qq tipo de ensino BOM e gratuito, voltado para quem nao tem como pagar... as malditas instituicoes, criadas para este fim, estao repletas de individuos "RICOS" frequentando, por isso, a saída, para algumas pessoas, infelizmente é o crime, a violencia.. a mim nao, por dois motivos, um é a minha honra, minha moral, e a outra é q tem q ser realmente corajoso, pra fazer algo tido q é, as vezes, covarde, como é roubar, mas exige, ironicamente, corajem para poder ser feito um roubo.. corajem, falta de valores, falta de esperanca de uma vida melhor, mas lembrem-se, q na natureza, as vezes, um individuo, animal de qq especie, q nao conseguiu seu sustento cacando, ou qq outro meio, tem mesmo é q apelar para isso, 'roubar' de quem tem.. é uma pena realmente q o mundo tenha q funcionar desse jeito, mas nao podemos fazer nada para evitar isto.

Luiz Paulo

  • Guest
Na sociedade atual, devemos optar por valores morais/espirituais ou...
« Reply #14 on: January 23, 2001, 07:36:00 pm »
 Talvez acerca da impossibilidade de  
trasmutacao  
na qual as Verdades morais estao inclusas,  
ela 'e  
a mais sedutora. Todavia a Verdade moral e a  
Verdade espiritual se misturam em muitos  
pontos.  
Moral eh tradicao, tradicao pode ser espiritual  
ou nao. Todavia suponhemos  
afirmativemente. Assim  
teriamos um ser hierarquicamente superior  
que eh  
obedecido naopq manda o util, mas  
simplesmente  
(e tao somente isso) manda. Um homem que  
vive um  
empirismo moral eh aquele que se sacrifica  
pelo  
ideal de moral coletiva. (santo agostinho  
condeva  
os que queriam salvar somente as suas  
almas). Tudo  
que eh individual suprime o tal ideal moralista  
coletivo e  
eh logo imoral. Portanto, dialetico leitor, viva  
a Verdade moral. Ao menos essa eh mais  
plural e  
complexa.

alex von haydin

  • Guest
Na sociedade atual, devemos optar por valores morais/espirituais ou...
« Reply #15 on: February 28, 2001, 05:25:43 pm »
 Desculpas aos colegas, mas não tive tempo ainda de ler as opiniões de todos....

O homem tem consciência certo?????

mas o que é consciência?????

...é uma pergunta difícil, da mesma forma que é difícil responder o que é amor(?) ou uma emoção qualquer(?)... como explicar a quinta sinfonia de betoven(?)....como explicar a palavra redenção(?), e a sensação que a redenção causa em quem passa por ela(?)....

defino-me como um ser espiritual enquadrado e guiado por certas matrizes de distinção... essas matrizes são a forma que o nosso cerebro escolheu para descrever o mundo... este mundo segundo a minha fé é conhecido como mundo material...da mesma forma que é preciso um cilindro de ar para mergulhar ou um microscópio para enxergar bactérias, não é para os lábios humanos(ainda, como não foi antes do surgimento microscópio) vislumbrar outra realidade fora da matriz a qual estamos sujeitos... arriscar-se nesse caminho é entregar-se para a loucura...ou ser condenado a tomar cicuta....

e jesus disse:

"...para se alcaçar o reino dos céus é preciso nascer novamente..."

a sociedade é utilitário e quantitativa... nos dias de hoje abusa-se do materialismo e relega-se para segundo plano as questões espirituais... sabemos que a doença é uma forma de desiquilíbrio do organismo humano... o mundo está desiquilibrado, pois optamos por uma única via.... muitas pessoas estão dispostas e preparadas para ter fé, no sentido de uma crença cientificamente não-defensável ou numa hipótese não-testada, poucos tem confiança para testá-la... a maioria simulam o que experimentam, pois poucos são levados pela experiência....Deus está escondido ou nós nos escondemos dele(?)....

na minha opinião devemos equilibrar os valores espirituais e os materias(para a sociedade de um modo geral), particularmente fico com sócrates nunca devemos buscar mais a matéria do que os deliciosos valores do espírito pq a vida é apenas um segundo na eternidade... e o grande segredo de Deus está no inconsciente,que diga-se de passagem, tem muita consciência de quem realmente somos.....

Thiago S.S.

  • Guest
Na sociedade atual, devemos optar por valores morais/espirituais ou...
« Reply #16 on: March 29, 2001, 02:43:06 am »
 Se Deus existe ou ñ a ciência esta longe de descobrir. Essa questào se trata de crer ou não na sua existência
-Eu concordo com muitos filósofos de q tudo isso surgiu do nada, acredito q existe um Deus q esta por tráz disso tudo, mas como muitos, tenho muitas dúvidas
-Será q tudo q esta escrito na Bíblia foi traduzido corretamente? alguma coisa não foi perdida ou esquecida nessas passagens?
Essa pergunta cabe em outra face. será que devemos seguir segamente oque esta escrito na Bíblia?
-Será q é certo e necessário nos privarmos de certos prazeres?
-Será que devemos abdicar de qualquer vida material?
-Eu sinceramente acredito na existência de Deus, más nào acredito q seja necessário se privar de tanta coisa, como ex. posso citar o amor: -O amor entre 2 pessoas. Porque devemos esperar até a consagração do matrimônio se qdo amamos de verdade estamos passando uma das maiores formas (se ñ a maior) de demonstração de carinho e afeto?

-Eu acredito q podemos fazer uso da matéria (sem tornarmos dependentes dela) más acho que não podemos ser totalmente felizes se nào vivermos em harmônia c/ o mundo
-Como posso ser totalmente feliz por ser rico ,sabendo q existe um alguém q é pobre ( no nosso caso a maioria)
-O mundo esta cheio de desigualdades ,sejam elas financeiras ou intelectuais
-Nós humanos deviamos mudar nossos valores. hoje em dia as pessoas tem como objetivo ser rico ou ter poder, na maioria das vezez querem os 2, tb atualmente é muito difícil ter um sem ter o outro
-Os mais humildes nem sonham com poder, sonham em ter uma casa bem grande c/ dois carros do ano  
-A maioria se esquece que o mundo esta cheio de problemas e não se resume ao seu "pequeno  mundinho"
-enquanto alguns sonham c/ a bolsa da Victor Hugo, outros dormem na sua calçada sem um cobertor

-O mundo tem q começar a pensar coletivamente (oque nós seres humanos queremos?), e parar de pensar na bolsa de 400reais e sim pensar em uma vida mais digna e feliz p/ si próprio, mas tb pensar igualmente p/ aqueles q esstão a sua volta, e isso não abranje só a sua família e seus amigos, ou sua cidade,abranje tb as pessoas q morrem de fome e Aids em outros países ,como a África, porque o problema do mundo é a desigualdade social

TODOS DEVEN TER A MESMA OPORTUNIDADE

Thiago S.S.

Hendrik

  • Guest
Na sociedade atual, devemos optar por valores morais/espirituais ou...
« Reply #17 on: April 15, 2002, 08:56:56 pm »
Bem,de uma certa forma,acredito que os valores são absolutamente necessarios para movimentar uma sociedade,que na minha concepção,seja considerada sadia,jamais utopica.
    Acho muito interessante o que o Caius-Rj falou.Realmente,é extremamente necessario questionar não apenas os nossos valores atuais,mas tambem questionar se realmente precisamos de um Deus para nos balancear nestas questões.Bem,é verdade que você precisa seguir o dualismo do Bem\Mal ou Bom\Mau mas será que é necessario um Deus para isso?Por que essa concepção de que todo Ateista é incapaz de viver como um cristão(isso é,moralmente)?
    Acho,que o Kipling mostrou muito bem essa questão de violencia,no seu livro 'O Livro da Selva'.O homem moderno vive em uma selva(embora de concreto,ainda é uma),com suas leis: Sobrevive o mais capacitado;Sobrevive o que tem,atualmente,mais poder e coisas similares.Porem,a politicagem atual é tão alta,que o homem moderno se perde na sua criação.Kafka mostrou muito bem essa alienação social no livro O Processo,apenas acho que esse pesadelo já existe e é a nossa realidade.Uma realidade corrupta,cheia de politicagem e regada com uma violencia quase irracional e fantasmagorica.
     Já que vocês,colegas,tocaram na Biblia,eu tambem irei dar minha contribuição.No caso,Jesus é um Idiota(no sentido do romance 'O Idiota' de Dostoevsky) pois ser um homem bom e ingenuo nessa sociedade atual,é ser um idiota,embora a midia nos venda uma imagem de que esse idiota é o 'ideal'.Vocês já se perguntaram o que aconteceria,se um homem ingenuo,piedoso,honesto e puro se chocasse com a nossa sociedade?Se uma pessoa com os atributos de Cristo existisse,o que seria dela nesse mundo atual?Certamente Sim.Mas o mais assutador é que a religião virou "joguete" da midia,do tipo:"Ser cristão é o padrão normal,você deve rezar e acreditar nele".Mas é preciso realmente pensar,Quem foi Jesus Cristo?Será que foi um bilionario arrogante?Será que foi um imperador que massacrava os pobres?Será que foi um politico que enganava os pobres com sua palavra para depois mandar uma rasteira nele?Quem foi,realmente,esse homem,que tantas pessoas "DIZEM" e fazem de tudo para segui-lo mas no final das contas,terminando seguindo o seu oposto?

Muito obrigado por Lerem.

Onofre Veiga

  • Guest
Na sociedade atual, devemos optar por valores morais/espirituais ou...
« Reply #18 on: April 16, 2002, 06:07:33 pm »
Hendrik, de nada. o teu texto e interessante. Mas sera que ceder a essa logica destrutiva da sociedade contemporanea, excludente, puramente mercantil, nao e uma derrota para nos A busca de uma moral sem a fundamentacao teologica, valida sem absoluto, e um problema central na filosofia, desde Kant. Se Nietzsche investigou a origem terrena dos valores judaico cristaos com seu processo genealogico, ele tambem defendeu a vida como um valor em si, e o super homem como criador de novos valores.

Offline Brasil

  • Membro Residente
  • *****
  • Posts: 2318
  • Karma: 4
  • Gutta cavat lapidem - A gota cava a pedra.
"Na sociedade atual, devemos optar por valores morais/espirituais ou..."

Sobre a pergunta que dá título ao tópico, eu digo objetivamente que devemos optar por valores morais. Dos valores espirituais, pode-se até abrir mão, mas dos valores morais não.

Sobre os comentários do autor do tópico, eu diria que a sua colocação tão clara, não foi alcançada pelos demais.

O caius-rj, foi muito claro em seu comentário! Ele se refere ao uso de dinheiro e, isso foi "ignorado":


Na "desestruturada" Sociedade em que vivemos a única saída para que não aja uma grande crise,devolvendo o Homem aos "tempos das cavernas",onde matar significava sobreviver,é um questionamento total de todos os nossos valores,pois se mata,rouba,etc..., por simples pedaços de papel que chamamos de dinheiro.

Os colegas que responderam não atentaram para a especificidade da questão colocada pelo caius-rj.

Depois ele volta a insistir no seu questionamento, tentando chamar os demais à discussão específica:


A pergunta chave dessa questão é:Hoje temos tudo a nossa disposição, leis, tecnologia,etc.E porque continuamos a matar,destruir,etc?.A única resposta que encontro é a troca de Valores....

Gostaria dos seus comentários.


E aqui, reafirma sua posição, mas, não é nem sequer percebida ou considerada:


Falta aos homens enxergar o que é verdadeiro.Volto a afirmar que o sentido de nossas vidas não está em miseros pedaços de papel.

O debate tangeu para a questão de se acreditar em Deus ou não e, isso não tinha nada a ver com o que foi colocado pelo autor do tópico. Não há nada de errado em se discutir se deve-se acreditar em Deus ou não mas, o fato é que o ponto central da questão foi ignorado ou esquecido! E, eu pergunto: Por que?

E, eu mesmo respondo: Foi ignorado/esquecido porque as pessoas não conseguem imaginar um mundo ou uma sociedade sem dinheiro. Se tentarem fazer isso, imaginarão uma sociedade atrasada e ignorante, porém, sem saberem dizer porque.  ::)

Deus é muito importante, afinal, ele nos deu a capacidade de raciocinar... Contudo, também é muito importante usar o raciocínio.

$ 
« Last Edit: June 12, 2007, 11:48:08 pm by Brasil »